Quando passou da hora de fazer um teste Neuropad no paciente?

Machucados ou infecções nos pés podem ser complicações decorrentes do Diabetes Mellitus mal controlado, sendo causa de morbidade em pacientes diabéticos (tipos 1 e 2). Ao mesmo tempo que apresentam risco de desenvolvimento de úlceras graves, podendo ser necessária uma amputação, são evitáveis desde que o problema seja identificado precocemente.1 O teste Neuropad feito duas vezes ao ano é uma forma de detectar precocemente, com alta eficácia e praticidade, a neuropatia diabética, oferecendo um diagnóstico preciso e seguro em apenas 10 minutinhos. No entanto, há casos em que é evidente que a neuropatia diabética já se encontra em estágio avançado…

Coronavírus e diabetes: como ajudar esse grupo de risco

Idosos, asmáticos, diabéticos e hipertensos. Se um paciente se encaixa em um ou mais desses grupos, é bom ficar de olho e tomar cuidados redobrados. Saiba por que essas pessoas correm mais riscos de ter complicações graves quando contaminadas pelo vírus da Covid-19.1,2 Porquê os diabéticos correm um risco maior frente ao Coronavirus? Pela dificuldade de liberar insulina para o corpo (diabetes tipo 1) ou não conseguir usá-la adequadamente (diabetes tipo 2), os pacientes diabéticos apresentam uma baixa resposta do organismo a qualquer processo infeccioso, incluindo o provocado pelo coronavirus.1,2 Crianças respondem de modo diferente à infecção. De acordo com…