Diabetes e o risco de doenças cardiovasculares

Manter um bom controle dos índices glicêmicos é uma forma de viver com tranquilidade e sem sobressaltos. Porque a diabetes, sobretudo a Diabetes Mellitus (tipo 2) está relacionada ao surgimento de diversas complicações de saúde, tais como doenças renais, pé diabético, alterações na pele, problemas nos olhos como glaucoma, catarata e retinopatia.1 Mas talvez a mais perigosa ameaça à saúde de um paciente com diabetes seja o risco cardiovascular. Diabetes e infarto do miocárdio Uma das consequências e também um dos maiores perigos, agravados pela diabetes, são as doenças do coração. Homens com diabetes tem risco dobrado de infarto do…

Cuidado com as feridas diabéticas

As estimativas indicam que ocorrem duas amputações por minuto no mundo, causadas por pé diabético, sendo que 85% destas são precedidas por úlceras,1 feridas que não saram e acabam levando a complicações que muitas vezes não deixam outra alternativa senão a amputação total ou parcial do membro afetado. Como surge, se desenvolve e evolui uma ferida diabética? Devido a uma lesão nos nervos conhecida como Neuropatia Diabética Periférica, o paciente diabético vai aos poucos perdendo a sensibilidade à dor nos membros. Assim, uma topada, um espinho, uma queimadura, a ponta de um prego que entrou na sola do sapato, um…